quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Dizem que ele fala pouco

Fernando Alonso Felipe Massa viveu com desde que chegou na equipe italiana e, apesar de ter tido a sua fricção, o espanhol tem respeitado o trabalho feito pelo seu parceiro e diz que a equipe provavelmente vai perder competitividade sem ele . O brasileiro vai conduzir em 2014 para a equipe Williams e deixar o seu lugar na equipe italiana para Kimi Raikkonen, o último piloto que conseguiu trazer títulos para Maranello.

Piloto da Ferrari Felipe Massa diz que é um de seus poucos amigos na grade de Fórmula 1, além disso, que trabalharam duro para melhorar o carro: "Felipe foi definitivamente um trabalhador forte. Ele trabalhou dia e noite para a equipe para melhorar o desempenho do carro. Kimi não sei, mas havia rumores de que fala pouco e é mais isolado, então eu acho que a Ferrari poderia faltar ele (Massa). "

Comentário: ao ler essa matéria me deu um nó na garganta, mas vou deixar para quando a temporada estiver em andamento Dom me aguarde
by Nay
Ver Mais

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Leia quantas vezes precisar


Vocês aí falando do STJD, Paulo Schmitt, sindicato dos padeiros de São Paulo, imbróglio, ação, emoção e tapetão, mal imaginam o que a F1 pode trazer de confusão no ano que vem com as regras loucas que resolveu colocar e/ou alterar.
A chegada dos motores V6 turbo vão provocar um nó imenso a partir do momento em que peças forem trocadas. A partir de 2014, a unidade que empurra os carros será dividida em seis partes, segundo o que o artigo 28.4 da FIA passa a estabelecer. E cada parte delas será imprescindível na conta louca das punições.
O item ‘a’ deste artigo informa que houve uma diminuição no número de motores disponível para cada piloto: de oito, caiu para cinco. Na prática, então, Vettel, Alonso e o resto da turma terão à disposição quatro propulsores para o ano que vem. Mas logo o item ‘b’ começa a prover o caos: os motores são compostos de seis elementos separados, que são o 1) o motor em si; 2) o gerador de energia cinética; 3) o gerador de calor; 4) o armazenador de energia; 5) o turbo e; 6) a centralina eletrônica. Face a separação, cada piloto só vai poder usar cinco destas partes.
Aí vem o item ‘c’, que trata das punições – que, oh!, foram divididas para cada caso de uso além das cinco peças. A elas:
1) Se a equipe trocar a unidade como um todo, o piloto vai largar dos boxes;
2) Se a equipe trocar apenas uma peça, que seria a sexta no ano, o piloto vai perder dez posições no grid de largada;
3) Se a equipe trocar uma outra peça que ainda esteja incluída dentre o que se considera como sexta – ou seja, uma parte diferente da que foi trocada anteriormente –, o piloto cai cinco lugares no grid;
4) Se a equipe trocar uma destas peças que já serviram de reposição – sétima, oitava, nona, e por aí vai –, são dez posições para as primeiras peças desta ordem e cinco para as subsequentes. Para ficar mais claro, a primeira sétima peça, a primeira oitava peça, a primeira nona peça, etc., dez; a segunda, terceira, quarta, quinta ou sexta peças da ‘rodada’, digamos assim, cinco.
Calma que não acabou. Considere que o piloto vai perder dez posições por ter trocado a primeira peça. Suponha que ele tenha conseguido o 15º lugar no grid. Como são 22 carros, ele largaria em último. Mas num grid hipotético, sairia em 25º (15 + 10). Estas três posições de sobra, o sofredor vai jogar para o grid da outra prova, isto é, vai perder três postos no grid. Este acúmulo e fardo, ufa!, não se estendem além de uma prova.
Contando com a ideia de dobrar pontos em Abu Dhabi, desde já, damos os parabéns efusivos à FIA, bastante alinhada com o que vemos no futebol brasileiro.
E se você não entendeu, não se preocupe: imagine Galvão tentando explicar isso ao telespectador. Perderia certamente dez posições na cabine de transmissão.
Fonte: Grande prêmio por  Victor Marins


Seria engraçado se não fosse trágico
by Nay
Ver Mais

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Matando as saudades

Ver Mais

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Está estourado

Que tradição barulhenta mas irada para quem gosta desse ronco se bem que está estridente mas é para estourar mesmo.
O gesto de Webber em alisar o carro em despedida já diz tudo :(


Ver Mais

Emocionante

Para quem gosta e vive intensamente todas essas emoções dá um aperto no final do vídeo, me veio lágrimas nos olhos.


Ver Mais

domingo, 24 de novembro de 2013

Final de Campeonato

E temos um novo campeão.  Parabéns e até ano que vem assim espero 
Foi muito bom passar por mais esse ano nos divertindo
Abraços
N@y




Ver Mais

sábado, 23 de novembro de 2013

Veja abaixo a classificação e o tempo de cada piloto:


1. Sebastian Vettel (Alemanha) RedBull - Renault 1:26.479
2. Nico Rosberg (Alemanha) Mercedes 1:27.102
3. Fernando Alonso (Espanha) Ferrari 1:27.539
4. Mark Webber (Austrália) RedBull - Renault 1:27.572
5. Lewis Hamilton (G.Bretanha) Mercedes 1:27.677
6. Romain Grosjean (França) Lotus - Renault 1:27.737
7. Daniel Ricciardo (Austrália) Toro Rosso - Ferrari 1:28.052 

8. Jean-Eric Vergne (França) Toro Rosso - Ferrari 1:28.081
9. Felipe Massa (Brasil) Ferrari 1:28.109
10. Nico Huelkenberg (Alemanha) Sauber - Ferrari 1:29.582
11. H. Kovalainen (Finlândia) Lotus - Renault 1:27.456
12. P. Di Resta (Grã-Bretanha) Force India - Mercedes 1:27.798
13. Valtteri Bottas (Finlândia) Williams - Renault 1:27.954
14. Sergio Perez (México) McLaren 1:28.269
15. Jenson Button (Grã-Bretanha) McLaren 1:28.308
16. Adrian Sutil (Alemanha) Force India - Mercedes 1:28.586
17. Pastor Maldonado (Venezuela) Williams - Renault 1:27.367
18. Esteban Gutierrez (México) Sauber - Ferrari 1:27.445
19. Charles Pic (França) Caterham - Renault 1:27.843
20. G. van der Garde (Holanda) Caterham - Renault 1:28.320
21. Jules Bianchi (França) Marussia - Cosworth 1:28.366
22. Max Chilton (Grã-Bretanha) Marussia - Cosworth 1:28.950


Ver Mais

sábado, 16 de novembro de 2013

Grid de largada para o GP dos EUA


Ver Mais

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Häkkinen pergunta sobre a forma como agiu Lotus - "Não é qualquer jogada inteligente"

Mika Häkkinen acredita que Lotus cometeu um erro estratégico claro em Abu Dhab GP.

-Não era qualquer jogada inteligente da Lotus para colocar Kimi na última grid. - Se Kimi tinha iniciado a partir do pitlane como Sebastian Vettel fez no ano passado na mesma pista, então ele poderia ter construído o seu ataque em paz. - Ele que tinha duas horas para melhorar a sua posição e, como sabemos Lotus é um dos melhores carros. Kimi poderia ter terminado mais com essa estratégia. Dessa forma, eles também tinham eliminado os riscos desnecessários no início. O risco de acidente foi grande - como vimos. - Se eu tivesse sido convidado como um piloto de corridas, então eu definitivamente tinha dito que começar a partir do pitlane. Dessa forma, gostaríamos de garantir que não estamos na bagunça durante as primeiras voltas.

M.Häkkinen:
http://www.racingnerds.com
Ver Mais

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Hamilton diz a MTV3 que teria respondido para equipe da mesma maneira que o Kimi respondeu... Já Bottas especula o motivo!

Alan Permane ordenou via radio para Raikkonen sair do caminho de Grosjean na Índia e enfatizou sua mensagem com um praguejamento rude. Raikkonen respondeu de volta a mesma altura e não foi visto depois na foto pós-corrida da equipe.
A MTV3 perguntou a Lewis Hamilton o que ele teria respondido se fosse dada a mesma ordem a ele da mesma maneira que foi para Raikkonen:
- Provavelmente como ele respondeu, Hamilton disse sorrindo.
- Gosto do Kimi. Ele é único, ele não é do tipo que fica enrolando, pelo contrario, ele diz diretamente. Eu teria dito o mesmo. E claro que ele esta mudando de equipe no próximo ano, mas, essa é a vida normal. E ele trouxe bons resultados e pontos para a equipe. Eu não sei por que ele não esta sendo respeitado, mas ele é um cara bom, Hamilton disse.
Valtteri Bottas preferiu apenas especular o motivo para guerra de palavras.
- Eu me pergunto se teve algum incomodo inicial ou se algo contribui para o que aconteceu. Não sei qual foi à situação, mas eles não costumam falar assim, Bottas disse.
Fonte: The Iceman Brasil

Ver Mais

domingo, 3 de novembro de 2013

Resultado após GP de Abu Dhabi

1) Sebastian Vettel (ALE/RBR), 55 voltas em 1h38m06s106   
2) Mark Webber (AUS/RBR) + 30s8         
3) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) + 33s6         
4) Romain Grosjean (FRA/Lotus) + 34s8         
5) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) + 1m07s1         
6) Paul Di Resta (ESC/Force India) + 1m18s1    
7) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) + 1m19s2        
8) Felipe Massa (BRA/Ferrari) + 1m22s8        
9) Sergio Pérez (MEX/McLaren) + 1m31s1         
10) Adrian Sutil (ALE/Force India) + 1m33s2         
11) Pastor Maldonado (VEN/Williams) + 1m35s9         
12) Jenson Button (ING/McLaren) + 1m43s6          
13) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) + 1m44s1          
14) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) + 1 volta         
15) Valtteri Bottas (FIN/Williams) + 1 volta         
16) Daniel Ricciardo (AUS/STR) + 1 volta         
17) Jean-Éric Vergne (FRA/STR) + 1 volta         
18) Giedo Van der Garde (HOL/Caterham) + 1 volta         
19) Charles Pic (FRA/Caterham) + 1 volta         
20) Jules Bianchi (FRA/Marussia) + 2 voltas         
21) Max Chilton (ING Marussia) + 2 voltas         

Não completou:
22) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), na 1ª volta
Melhor volta: Fernando Alonso (ESP/Ferrari), 1m43s434
Ver Mais

sábado, 2 de novembro de 2013

Resultado do treino oficial para o GP de Abu Dhabi

1º Mark Webber
2º Sebastian Vettel
3º Nico Rosberg
4º Lewis Hamilton
5º Kimi Raikkonen
6º Nico Hulkenberg
7º Romain Grosjean
8º Felipe Massa
9º Sergio Perez
10º Daniel Ricciardo
11º Fernando Alonso
12º Paul di Resta
13º Jenson Button
14º Jean-Eric Vergne
15º Pastor Maldonado
16º Valtteri Bottas
17º Esteban Gutierrez
18º Adrian Sutil
19ºGiedo van der Garde

20º Jules Bianchi
21ºCharles Pic
22ºMax Chilton
Ver Mais

domingo, 27 de outubro de 2013

Resultado após GP da Índia


 1) Sebastian Vettel (ALE/RBR), 1h31m12s187 (25 pontos) (Tetra Campeão 2013) 
2) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) + 29s823 (18)
3) Romain Grosjean (FRA/Lotus) + 39s892 (15)
4) Felipe Massa (BRA/Ferrari) + 41s692 (12)
5) Sergio Pérez (MEX/McLaren) + 43s829 (10)
6) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) + 52s4  (8)
7) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) + 1m07s900 (6) 
8) Paul Di Resta (ESC/Force India) + 1m12s800 (4)
9) Adrian Sutil (ALE/Force India) + 1m14s700 (2)
 10) Daniel Ricciardo (AUS/STR) + 1m16s200 (1)
11) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) + 1m18s200
12) Pastor Maldonado (VEN/Williams) + 1m18s900
13) Jean-Eric Vergne (FRA/STR) + 1 volta
14) Jenson Button (ING/McLaren) + 1 volta
15) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) + 1 volta
16) Valtteri Bottas (FIN/Williams) + 1 volta
17) Max Chilton (ING/Marussia) + 2 voltas
18) Jules Bianchi (FRA/Marussia) + 2 voltas
19) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) + 6 voltas

Abandonaram:

Mark Webber (AUS/RBR) - com 40 voltas
Charles Pic (FRA/Caterham) - com 36 voltas
Giedo van der Garde (HOL/Caterham)  - com 2 voltas

Volta mais rápida: Kimi Raikkonen (FIN/Lotus), 1m27s679

Ver Mais

sábado, 26 de outubro de 2013

Glassificação para o GP da Índia

1) Sebastian Vettel  (ALE/RBR) 1m24s119
2) Nico Rosberg  (ALE/Mercedes) 1m24s871  +0s752
3) Lewis Hamilton  (ING/Mercedes) 1m24s941  +0s822
4) Mark Webber (AUS/RBR) 1m25s047  +0s928
5) Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1m25s201s  +1s082
6) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) 1m25s248  +1s129
7) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) 1m25s334  +1s215
8) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 1m25s826  +1s707
9) Sergio Pérez (MEX/McLaren) 1m26s153  +2s034
10) Jenson Button (ING/McLaren) 1m26s487  +2s368
Eliminados no Q2:
11) Daniel Ricciardo (AUS/STR) 1m25s519
12) Paul di Resta (ESC/Force India) 1m25s711
13) Adrian Sutil (ALE/Force India) 1m25s740
14) Jean-Eric Vergne (FRA/STR) 1m25s798
15) Valtteri Bottas (FIN/Williams) 1m26s134
16) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) 1m26s336
Eliminados no Q1:
17) Romain Grosjean  (FRA/Lotus)  1m26s577
18) Pastor Maldonado (VEN/Williams)  1m26s842
19) Jules Bianchi (FRA/Marussia) 1m26s970
20) Giedo van der Garde (HOL/Caterham)  1m27s105
21) Charles Pic  (FRA/Caterham)  1m27s487
22) Max Chilton (ING/Marussia) 1m28s138
Fonte: Globo.com
Ver Mais

domingo, 20 de outubro de 2013

BILD | Kimi leva Vettel em vôo particular...


Depois de vencer no GP do Japão, Sebastian Vettel voou ontem com seu amigo Kimi Raikkonen (33 anos / Lotus) em um jato particular para a Europa. 
Raikkonen não ficou satisfeito com o desempenho no GP do Japão: após cumprir a agenda, preferiu fretar um avião particular.
Teria Kimi levado Vettel para uma festa privada a bordo?
Fontes disseram ao Bild que o WDC de 2007 convidou Vettel para acompanhá-lo nos 9518 km até Zurique. Após o vôo, Vettel volta para sua casa da Suíça.
Fonte : Blind

 by Nay: AMO ESSES DOIS ♥
Ver Mais

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Feliz Aniversário!!!

Click para ampliar

Click para ampliar


Click para ampliar
by Nay
Ver Mais

Isso é o que eu chamo de admiração!!!!



" Aparentemente, o maior fã de Kimi é seu afilhado, Luukas Vilander …. quando perguntei o que ele queria ser quando crescer, ele timidamente respondeu: "Kimi". "
- (Via fakejellybean )
Luukas rock!"
Luukas Vilander


Comentários:
Justus e Tiitus
Admiração pouca é bobagem e olhem que o pai do garoto tbem é piloto, "Toni Vilander". Kimi realmente deve levar muito jeito com crianças pois seus sobrinhos Justus e Tiitus quando chega as férias e perguntado onde querem passar eles prontamente respondem " na casa do Tio Kimi"
As crianças até custumam imita-lo em seu mode de se vestir muito fofo :)

by Nay
Ver Mais

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Peso e altura dos pilotos da F1 2013

Ano que vem os carros deverão ser mais pesados do que os desse ano por conta do peso extra das baterias do KERS duas vezes mais potentes. Por conta disso pilotos mais leves significarão um diferencial a mais para a competitividade das equipes, pois com eles poderão distribuir melhor o lastro do peso mínimo pelo carro do que com um piloto pesado, que usará menos lastro e portanto terá menos possibilidades de distribuir esse pelo carro na hora dos acertos, tanto que rumores dessa semana disseram que uma eventual ida de Hulkenberg à McLaren estaria esbarrando exatamente nesse quesito.
Com isso os mais altos e consequentemente mais pesadinhos já estão chiando e pedindo um aumento desse peso mínimo para não terem suas carreiras prejudicadas. Para se ter uma idéia, Jenson Button contou que a cada 4 quilos que um piloto tem, ele perde cerca de dois décimos por volta, isso é muita coisa

Assim vamos ver qual a altura e peso de todos os pilotos dessa temporada da Fórmula 1 que em grande parte seguirá na próxima, onde os destaques ficam com o mais alto Paul Di Resta, com 1,85m, o mais pesado e aposentante Webber com 75 kg, o mais baixinho Massa, com 1,66m e como mais leve o campeoníssimo Vettel, com apenas 58 kg.

Sebastian Vettel                          1,76m  -  58Kg
Mark Webber                             1,84m  -  75Kg
Fernando Alonso                        1,71m  -  68Kg
Felipe Massa                             1,66m  -  59Kg
Lewis Hamilton                          1,74m  -  71Kg
Nico Rosberg                             1,78m  -  71Kg
Kimi Raikkonen                         1,75m  -  70Kg
Romain Grosjean                       1,80m  -  71Kg
Jenson Button                            1,83m  -  70Kg
Sérgio Perez                              1,73m  -  64Kg
Adrian Sutil                               1,84m  -  74Kg
Paul Di Resta                           1,85m  -  74Kg
Nico Hulkenberg                      1,84m  -  74Kg
Esteban Gutierrez                     1,80m  -  63Kg
Daniel Ricciardo                       1,78m  -  68Kg
Jean-Eric Vergne                      1,78m  -  73Kg
Pastor Maldonado                     1,73m  -  66Kg
Valteri Bottas                            1,70m  -  70Kg
Charles Pic                                1,78m  -  60Kg
Giedo van der Garde                 1,82m  -  73Kg
Jules Bianchi                            1,79m  -  68Kg
Max Chilton                             1,82m  -  65Kg

Comparação com o ano de 2011
Abaixo estão os dados de todos os pilotos da Formula 1 atual, confira e compare!

NOME
IDADE ALTURA PESO

Jaime Alguersuari * 21 * 1,79 m ===== 72 kg.
Daniel Ricciardo * 22 * 1,78 m ===== 66 kg.
Sebastian Buemi * 23 * 1,76 m ===== 64 kg.
Sebastian Vettel * 24 * 1,76 m ===== 64 Kg.
Kamui Kobayashi * 25 * 1,70 m ===== 63kg.
Paul di Resta * 25 * 1,84 m ===== 70 kg.
Jerome D’Ambrosio * 25 * 1,75 m ====== 69 kg.
Nico Rosberg * 26 * 1,78 m ===== 67 kg.
Pastor Maldonado * 26 * 1,74 m ===== 66 kg.
Lewis Hamilton * 26 * 1,75 m ===== 66 kg.
Vitaly Petrov * 27 * 1,85 m ===== 75 kg.
Bruno Senna * 27 * 1,80 m ===== 69 kg.
Adrian Sutil * 28 * 1,84 m ===== 74 kg.
Timo Glock * 29 * 1,69 m ===== 64 kg.
Heikki Kovalainen * 29 * 1,72 m ===== 66 kg.
Fernando Alonso * 30 * 1,71 m ===== 68 kg.
Felipe Massa * 30 * 1,66 m ===== 59 kg.
Vitantonio Liuzzi * 31 * 1,78 m ===== 68kg.
Jenson Button * 31 * 1,82 m ===== 72 kg.
Mark Webber * 35 * 1,85 m ===== 76 kg.
Jarno Trulli * 37 * 1,73 m ===== 60 kg.
Rubens Barrichello * 39 * 1,72 m ===== 72 kg.
Michael Schumacher * 42 * 1,74 m ===== 68 kg.
Fonte: JOSEINACIO.COM

 Comentário
Se levarmos em consideração que ano que vem terão que ser o mais leve possível o que é lamentável pois perder pilotos com talento primeiro por falta de dinheiro agora é por conta do peso onde é que chegaremos ao fim da categoria ou teremos, apenas máquinas e não mais homem e máquina?

by:Nay
 
Ver Mais

domingo, 13 de outubro de 2013

Pura ignorância e perda de tempo. (FATO)



“Tentar diminuir o desempenho de Vettel é pura ignorância e perda de tempo. O alemão tem um talento admirável e formou uma dupla perfeita na RBR com o projetista Adrian Newey, o mago da aerodinâmica. Carro não anda sozinho, mas é parte importante da equação. Entretanto, sem um bom piloto, de nada adianta ter o melhor equipamento. É só pegar o desempenho de Mark Webber com o mesmo carro. Não chega nem perto de Vettel. E vimos a diferença neste domingo. Apesar de a RBR ter adotado uma tática duvidosa com o australiano, o tempo que ele, de pneus médios novos, levou para ultrapassar Grosjean, que estava com duros usados, foi inadmissível. Ele jogou sua chance de enfrentar Vettel nas últimas voltas no lixo após ficar preso atrás do francês. Esta é a diferença entre um piloto fora-de-série e outro apenas bom.”
Palavras do Rafael Lopes do Voando Baixo.

Aproveitando quero deixa uma observação sobre os ante Vettel que andam confundindo satisfação com arrogância. Desde sua primeira vitória na F1 com um STR ele sempre fez gesto com o dedo indicador “Numero 1”. Este gesto se tornara sua marca registrada e ultimamente já tem gente que ñ suporta mais vê-lo fazer o tão lindo gesto e já o acha arrogante por isso. A questão é o seguinte é só parar e pensar se fosse o seu piloto o que seria arrogância ou um gesto natural após mais um trunfo sob seus adversários? É só parar e pensar e deixar de colocar cabelo em ovos.
Eu particularmente não perco o meu tempo desmerecendo o que não gosto em favor do que é do eu agrado isso não vai mudar os fatos, e já diz o ditado contra fatos não há argumentos mas tem gente que insiste em mascarar os fatos a seu favor o que acaba ficando ridículo no final das contas.
By Nay 
Ver Mais

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Apostas para o GP da Coreia do Sul


Ver Mais

Confira os tempos do primeiro treino livre para o GP da Coreia do Sul:

1 - Lewis Hamilton (ING/Mercedes) - 1min39s630
2 - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) – 1min39s667
3 - Mark Webber (AUS/Red Bull) – 1min39s816
4 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – 1min40s117
5 - Jenson Button (ING/McLaren) – 1min40s215
6 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – 1min40s374
7 - Romain Grosjean (FRA/Lotus) – 1min40s396
8 - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) – 1min40s677
9 - Sergio Perez (MEX/McLaren) – 1min40s860
10 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) – 1min40s880
11 - Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) – 1min40s899
12 - Adrian Sutil (ALE/Force India) – 1min41s432
13 - Pastor Maldonado (VEN/Williams) – 1min41s482
14 - Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) – 1min41s626
15 - Jean-Eric Vergne (FRA/Toro Rosso) – 1min41s924
16 - Valtteri Bottas (FIN/Williams) – 1min42s002
17 - Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso) – 1min42s043
18 - James Calado (ING/Force India) – 1min43s008
19 - Charles Pic (FRA/Caterham) – 1min43s660
20 - Giedo van der Garde (HOL/Caterham) – 1min43s883
21 - Max Chilton (ING/Marussia) – 1min44s100
22 - Rodolfo González (VEN/Marussia) – 1min46s810
Ver Mais

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Que recebam em dobro tudo o que me desejarem

 Alonso espera que a má sorte bate Vettel

"Isso aconteceu comigo no ano passado e pode acontecer novamente"
esperanças de campeonato receberia um impulso se Sebastian Vettel cai no início de um grand prix.

Muitos vêem o domínio de Vettel na Bélgica como um sinal de que o piloto da Red Bull agora irá galope para seus quarto título de pilotos consecutivos.

"Vettel tem o título mundial no saco", disse o italiano La Gazzetta dello Sport após a corrida em Spa-Francorchamps.

Corriere dello Sport concordou: "Vettel continua fora do alcance; invencível em sua Red Bull com o qual ninguém pode encontrar a falha.

"Ele está a caminho de quebrar todos os recordes de Michael Schumacher."

Ferrari, no entanto, mostrou sinais de Spa de recuperação depois de um miserável de julho, mas o espanhol Alonso admitiu que Vettel precisa para ser executado em apuros.

"Deixei Monza no ano passado com 41 pontos a mais do que Vettel", ele é citado por Totalrace do Brasil. "Isso mostra o quão rápido as coisas podem mudar.

"Mas para isso, precisamos vencer três ou quatro corridas consecutivas e ter alguém atropelado ele no início, como aconteceu comigo, ou problemas técnicos."

Alonso é, sem dúvida, se referindo ao seu Grande Prêmio da Bélgica de um ano atrás, quando de Romain Grosjean Flying Lotus terminou a sua corrida em um chuveiro de fibra de carbono.

"Isso aconteceu comigo no ano passado e que poderia acontecer de novo", acrescentou Alonso.

Mas, com apenas oito corridas restantes em 2013, alguns dos rivais de Vettel estão começando a ser amortizado.

Kimi Raikkonen, por exemplo, perdeu o lugar de vice-campeão na classificação de pilotos em Spa, onde se aposentou com uma falha nos freios.

"Você provavelmente teria que dizer que os três (Vettel, Alonso, Lewis Hamilton), que terminou no pódio na Bélgica são provavelmente os principais rivais para o final do ano", disse o chefe da Red Bull Christian Horner.

Marc Surer, ex-motorista virou comentarista, vê um outro problema para a Lotus de Raikkonen.

"Se você não tiver o dinheiro para tentar de tudo que você possa imaginar", disse à Der Spiegel, "você não tem chance."

Perguntas sobre Mercedes também estão sendo feitas.

"Será que eles ainda têm reservas em seu desenvolvimento para pegar Red Bull nesta temporada?" ex-piloto Patrick Tambay disse à France RMC Sport.

"Na Bélgica, foram claramente derrotados."

Então, talvez a pergunta final é de saber se alguém pode bater Vettel agora. "Provavelmente, só a si mesmo", reconheceu o chefe da equipe Mercedes, Ross Brawn.

Fonte:nextgen-auto.com

É isso que me dá nojo em certas pessoas quando veem que não  são capazes de se sobressaírem por mais que tentem por um motivo ou por outro, torcem pela desgraça alheia. O que aconteceu ano passado não foi por culpa do Vettel, ele não tem culpa do Grosjean ter atropelado esse cidadão na largada e nem tem culpa de ser quem é e nem de está onde está o que consegui é por  méritos.... O seu sucesso causa muita inveja e acaba por atrair muito veneno.
Sorte Vettel continue fazendo o seu trabalho, muito do que se fala além de muita energia negativa  que tentam jogar sobre você é também por ainda o  terem como menino imaturo e que se desestabiliza com meia dúzia de palavras infames dirigidas a seu nome.
Que recebam em dobro tudo o que te desejarem.... cabe a cada um saber o que estará desejando ou então vam cuidar das suas próprias vidas que é bem melhor

Força, Foco e Fé.
By Nay

Ver Mais

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O pecado de Vettel

 Sebastian Vettel venceu pela 31ª vez na carreira e igualou Nigel Mansell. Aos 26 anos, é o quinto maior vencedor da história da F1. Caminha para o tetracampeonato mundial consecutivo. E eu ainda tento entender como as pessoas hesitam tanto em dizer que ele vai se tornar um dos gênios do esporte ao mesmo tempo em que exaltam tanto pilotos com números semelhantes ou mesmo piores — e não são só os números que fazem deste alemão um grande piloto.
Tudo por causa de um grande pecado: andar com o melhor carro. Andar no carro projetado por Adrian Newey. Tem gente que ainda diz que Vettel não enfrentou adversários de peso. É desmerecer demais o talento dele.
Vettel tem 26 anos, 39 poles, 31 vitórias, três títulos mundiais consecutivos. Foi o mais jovem campeão, o mais jovem bicampeão e o mais jovem tricampeão. Conquistou esses títulos correndo contra outros cinco campeões do mundo: Fernando Alonso, Lewis Hamilton, Jenson Button, Michael Schumacher e Kimi Räikkönen (esse, só em 2012).
Se Vettel confirmar o favoritismo e ganhar de novo neste ano, fará o que apenas Michael Schumacher e Juan Manuel Fangio fizeram. Deixará para trás Niki Lauda, Ayrton Senna, Jackie Stewart, Jack Brabham e Nelson Piquet. Empatará com Alain Prost. Aos 26 anos.
Com a vitória deste domingo, ele tem tantas quanto Nigel Mansell. “Ah, mas Mansell teve adversários mais fortes”. Ok, Mansell teve Prost, Piquet e Senna. São melhores do que os que estão aí brigando com Vettel hoje. Mas Alonso, Button, Hamilton e Kimi estão longe de ser ruins. Mansell foi campeão em um ano em que correu só contra Senna — Schumacher ainda não tinha nenhum título, fazia sua primeira temporada completa na F1.
É bem provável que, daqui a duas semanas, Vettel vença o GP da Itália e empate com Fernando Alonso. Vai ter um monte de gente dizendo que Vettel não chega aos pés do espanhol. Respeito algumas dessas opiniões, mas discordo de todas elas. Não tem essa de que o alemão é tricampeão porque tem o melhor carro e Alonso está em uma Ferrari capenga.
Alonso foi campeão em 2005 e 2006 com o melhor carro. Em 2005, a McLaren era mais rápida, mas quebrava o tempo todo. Que nem em 2012. No fim das contas, a Renault e a Red Bull andaram melhor em um número maior de corridas e permitiram a seus pilotos conquistarem os títulos.
Alonso perdeu um título em que tinha o melhor carro nas mãos, o de 2007. Poderia ter sido tricampeão, não foi. Vettel aproveitou os três anos em que teve o melhor carro.
E Alonso caiu demais de produção na reta final de quatro dos cinco campeonatos que disputou: 2005, 2006, 2007 e 2012. Não importa qual tenha sido o motivo, podem reparar que a primeira metade da temporada do asturiano foi bem melhor que a segunda. A única exceção foi 2010, quando ele cresceu na segunda metade e chegou à decisão como líder. Vettel é o oposto, começou mal e se recuperou no final.
“Ah, mas o Alonso vem de trás, passando todo mundo, Vettel não passa ninguém. Olha só a corrida de hoje.” Assista o GP de Abu Dhabi de 2012 — naquela pista em que não dá para passar ninguém –, ou o GP do Brasil de 2012.
Qual o problema do cara querer assumir a primeira posição no começo e dominar a corrida? Por que vocês acham que o Senna era tão obstinado por conquistar pole-positions?
Tá, é chato ver um domínio de um piloto. Foi chato com Schumacher e pode estar chato, agora, com Vettel. Mas esse piloto de 26 anos tem tudo para derrubar as marcas de seu ídolo de infância e você vai ficar aí, chupando dedo e dizendo que é só por causa do carro e do Newey. Não é.
Fonte: Por fora dos boxs

Na verdade o único que vi vencer na F1 moderna sem ter o melhor carro do grid foi o Kimi dando o ultimo título que a porcaria da Ferrari se lembra ter comemorado..ADOOORO
by Nay
Ver Mais

sábado, 24 de agosto de 2013

Grid de Largada para o GP da Bélgica

1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes) 2m01s012        
2) Sebastian Vettel (ALE/RBR) 2m01s200  + 0s188s
3) Mark Webber (AUS/RBR) 2m01s325  + 0s313s
4) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 2m02s251  + 1s239s
5) Paul di Resta (ESC/Force India) 2m02s332  + 1s320s
6) Jenson Button (ING/McLaren) 2m03s075  + 2s063s
7) Romain Grosjean (FRA/Lotus) 2m03s081  + 2s069s
8) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus) 2m03s390  + 2s378s
9) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 2m03s482  + 2s470s
10) Felipe Massa (BRA/Ferrari) 2m04s059  + 3s047s
Eliminados no Q2:
11) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber) 1m49s088
12) Adrian Sutil (ALE/Force India) 1m49s103
13) Sergio Pérez (MEX/McLaren) 1m49s304
14) Giedo van der Garde (HOL/Caterham) 1m52s036
15) Jules Bianchi (FRA/Marussia) 1m52s563
16) Max Chilton (ING/Marussia) 1m52s762
Eliminados no Q1:
17) Pastor Maldonado (VEN/Williams) 2m03s072
18) Jean-Eric Vergne (FRA/STR) 2m03s300
19) Daniel Ricciardo (AUS/STR) 2m03s317
20) Valtteri Bottas (FIN/Williams) 2m03s432
21) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber) 2m04s324
Ver Mais

quarta-feira, 31 de julho de 2013

A piada do dia

A Ferrari especula volta de  Räikkönen a equipe em 2014


Kimi Raikkonen não é só perseguido por Lotus e Red Bull para a próxima temporada, mas também pela Ferrari, que se juntou ao grupo de caça última quinta-feira no Grande Prêmio da Hungria.

De acordo com o Bild, a Ferrari fez uma oferta para a Finn para retornar à equipe italiana, com termos do contrato supostamente mais lucrativa do que a Red Bull.

Com a relação de Fernando Alonso com a Ferrari em apuros depois de o espanhol criticou o carro depois do GP da Hungria, para o qual ele foi repreendido por Luca di Montezemolo, Raikkonen é agora o melhor candidato para preencher o mundo duplo sapatos campeão.

Alonso pode ter um contrato com a roupa baseada em Maranello até 2016, mas o acordo quase certamente possuem cláusulas de saída.

Compra de um contrato é uma outra opção que o espanhol poderia ir para ou ele poderia ser dado o boot como Alain Prost fez em 1991, após o francês disse que um caminhão seria mais fácil de conduzir do que o Ferrari.

Raikkonen teve uma relação fria com a Ferrari, mas a oferta sugere que a equipe italiana está pronta para enterrar sangue ruim entre as duas partes.

Fonte: F1Pulse

A foto escolhida para o texto aki em questão já diz tudo o que pensamos não é mesmo KIMI
By Nay
Ver Mais

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Palavras do Seb pós a corrida na Hungria

"Eu prefiro Kimi eu tenho que ter cuidado agora Nada contra Fernando;.. Que eu realmente respeito muito como piloto eu respeito Kimi na pista e fora da pista, porque ele sempre foi muito sincero comigo Desse ponto de.. ver, pode ser um pouco mais fácil. "

Eu não sei ao certo todo o contesto mas pelo que andei lendo Vettel deve está se referindo as  ultimas especulações de que Fernando Alonso também estaria sendo cotado a ser seu companheiro em 2014.

                                                 
                                                       ***************

Atualizando e postando o vídeo que confirma o que disse assim ....muito fofo ele dizendo eu prefiro Kimi  ♥
Ver Mais

domingo, 28 de julho de 2013

Vettel tira satisfações com Raikkonen por duelo e revela: 'Ele deu risada'

Possíveis companheiros na RBR em 2014 travam briga acirrada no fim do GP da Hungria. Finlandês tira onda: 'Certeza absoluta que não iria passar'

Um dos pontos altos do GP da Hungria vencido por Lewis Hamilton neste domingo foi o duelo entre Sebasitan Vettel e Kimi Raikkonen pelo segundo lugar nos instantes finais. E os pilotos, que podem se tornar companheiros de equipe na RBR em 2014, não fizeram um bom ensaio para uma possível parceria. A três voltas do fim, o alemão deu o bote para cima do piloto da Lotus, mas o “Homem de Gelo” jogou duro e segurou a posição. Vettel – que havia reclamado da manobra do rival (reveja no vídeo) pelo rádio – foi tirar satisfações após a corrida e revelou a reação do irreverente finlandês.
- Fui dizer a Kimi que eu não estava feliz, mas ele apenas deu uma risada. No calor do momento, foi complicado. Por muito pouco não perdi o carro. Mas isto é corrida – contou o alemão.

Vettel havia feito seu último pit stop a 15 voltas do fim, enquanto Raikkonen havia parado 13 voltas mais cedo. Mesmo com pneus mais rodados, o finlandês foi capaz de ir até o fim da prova com um pit a menos e segurou a pressão do adversário. No fim, ainda tirou mais onda:
- Eu sabia que meus pneus estavam OK e eu estava mais rápido no último setor. Por isso, tinha certeza absoluta que não havia chance de ele me ultrapassar na primeira curva. A curva 2 estava mais traiçoeira para mim durante toda a prova. Ele tentou, eu me defendi e depois consegui ir – analisou.
Apesar do sorriso amarelo no pódio, o resultado não foi ruim para Vettel no campeonato. O alemão da RBR havia chegado à Hungria com uma vantagem de 34 pontos na liderança, e sai  com uma diferença de 38. Mas foi Kimi quem lucrou mais. O finlandês alcançou os 134 pontos e tomou a vice-liderança de Fernando Alonso (Ferrari) por um ponto. A Fórmula 1 agora entra nas tradicionais férias de meio de ano e só volta daqui a um mês, com o GP da Bélgica, de 23 a 25 de agosto.
Fonte:globoesporte.com

Comentário: By Nay
Momentos de muitas aflição essas voltas em que meus dois lindinhos e loirinhos estavam disputando a 2ª posição no pódio.


kkkkkkkkkkkkk
Ver Mais

sábado, 27 de julho de 2013

Grid de Largada para o GP da Hungria

Pos. Piloto (Nac./Equipe) Tempo Voltas
1º. Lewis Hamilton (ING/Mercedes) 1min19s388 15
2º. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault) 1min19s426 12
3º. Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) 1min19s595 15
4º. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) 1min19s720 16
5º. Fernando Alonso (ESP/Ferrari) 1min19s791 15
6º. Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) 1min19s851 17
7º. Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1min19s929 15
8º. Daniel Ricciardo (AUS/Toro Rosso-Ferrari) 1min20s641 14
9º. Sergio Pérez (MEX/McLaren-Mercedes) 1min22s398 16
10º. Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault) sem tempo 13




11º. Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) 1min20s569 17
12º. Nico Hulkenberg (ALE/Sauber-Ferrari) 1min20s580 13
13º. Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) 1min20s777 10
14º. Jean-Éric Vergne (FRA/Toro Rosso-Ferrari) 1min21s029 12
15º. Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) 1min21s133 15
16º. Valtteri Bottas (FIN/Williams-Renault) 1min21s219 13




17º. Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari) 1min21s724 11
18º. Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) 1min22s043 11
19º. Charles Pic (FRA/Caterham-Renault) 1min23s007 8
20º. Giedo van der Garde (HOL/Caterham-Renault) 1min23s333 7
21º. Jules Bianchi (FRA/Marussia-Cosworth) 1min23s787 8
22º. Max Chilton (ING/Marussia-Cosworth) 1min23s997 8
Ver Mais

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Link para a corrida

 
De todos os momentos difíceis que passei na vida por conta de falta de transmissão ou falta de TV por assinatura esse foi o link que mais me tirou do aperto, pois é o que menos trava não tem coisa pior que em momentos de uma ultrapassagem o pc travar e só voltar ao normal depois de duas voltas aff que sofrimento.
Por isso decidir compartilhar com vocês queridos leitores façam bom uso porque infelizmente tem dias que é o que tem de melhor para o momento.
http://cricfree.tv/sky-sports-f1-live-stream.php
Ver Mais

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Kimi Räikkönen at Everts & Friends

Ver Mais

terça-feira, 23 de julho de 2013

Direto do Túnel do Tempo

Sebastian Vettel, aos 16 anos, observando a partir do boxe da  Ferrari como Kimi Räikkönen conseguiu sua primeira pole, em Nürburgring em 2003.

 Essa convivência vem de longa data :)
Ver Mais

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Palavras do Kimi


" Meus anos na Ferrari era meu mais infeliz período de F1. "
"Kimi Räikkönen disse à revista Autosprint"
Ver Mais

sábado, 20 de julho de 2013

Quem deverá herdar esse posto?

Ver Mais

Feliz dia do Amigo

By Nay
Ver Mais

Contra Massa Raikkonen foi o mais bem sucedido (Imagem)

Fonte: motorsportal.hu
Ver Mais

É preciso dizer: Sebastian Vettel é o melhor

Quando alguém elogia Sebastian Vettel, encontra a sua volta pelo menos uma pessoa que vai rebater: “mas Alonso seria mais rápido com o mesmo carro”. Com todo respeito ao “Señor Fernando”, mas depois do último GP da Alemanha chegou a hora de dar um basta neste exercício de faz-de-conta. É impossível pilotar de maneira mais perfeito do que Vettel está fazendo nesta temporada.
Não só por ele ter vencido finalmente em seu país e, pela primeira vez na carreira, no mês de julho. Vettel venceu neste ano cada corrida em que a Red Bull tinha o melhor carro. E tirou o máximo das provas em que o RB9 não era o melhor carro. Não fosse o infortúnio com o câmbio em Silverstone, ele já teria quase 60 pontos de vantagem. E venceu em Nürburgring, apesar da Lotus ter o melhor carro para as condições.
Apenas o azar pode impedir que ele ganhe seu quarto título mundial em série, com apenas 26 anos de idade - é, com o melhor carro ou não, um dos grandes feitos na história do esporte. Ele está no topo de suas habilidades: jovial, experiente, infalível. É natural que com o sucesso ele tenha perdido em inocência e amabilidade, suas expressões faciais se tornaram mais duras e ele não é mais o “queridinho” de todos - pelo contrário. Mas ele merece algumas coisas: respeito, reconhecimento e valorização. Ele não é um superstar 1B, mas o campeão 1A. Possivelmente, um Schumacher melhorado.

Gerald Enzinger é editor-chefe do semanário esportivo austríaco SportWoche.
Ver Mais

SporTV vai transmitir GP da Hungria de F1 ao vivo

Ótima notícia para os fãs de automobilismo, especialmente da Formula 1.
Apesar da Globo ter anunciado que vai transmitir a jornada mundial do Papa em detrimento do GP da Hungria de Formula 1 marcado para o dia 28, quem tem TV fechada não vai ficar na mão!
De acordo com a grade de programação mostrada pelo site gaúcho Hagah, que pertence ao Grupo RBS, afiliada da Rede Globo no Rio Grande do Sul  e em Santa Catarina, o SporTV vai transmitir o GP da Hungria ao vivo a partir das 9 horas da manhã do dia 28 de julho.
A Globo já fez isso no ano passado no GP dos EUA, quando transmitiu um jogo de futebol, enquanto o SporTV transmitiu a corrida ao vivo.
Grade de programação do site Hagah

Fonte: www.autoracing.com.br
Ver Mais

sexta-feira, 19 de julho de 2013

A lista completa de tempos dos três dias do Test Driver Young


Ver Mais

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Primeiros testes de novos compostos de pneus

Daniel Ricciardo treinou de manhã pela sua atual equipe, a Toro Rosso, e à tarde pela sua possível nova equipe, a Red Bull, como resultado ele acumulou o 1º e o 3º lugar na tabela de tempos do dia.


Lembro que cada equipe testa em condições diferentes, com quantidades de combustível, estado dos pneus e mesmo ajustes dos carros distintos, visando verificações específicas, fazendo com que os tempos não reflitam necessariamente a realidade competitiva de cada um, como o caso de Ricciardo mesmo comprova. Quem mais andou hoje foi a Williams, com 104 voltas entre os dois pilotos que andaram, seguida pela Caterham com 98 voltas e pela Ferrari e McLaren, com 97 cada uma.

Fonte: Joseinacio.com
Ver Mais

terça-feira, 16 de julho de 2013

Amo muito tudo isso

Essa vai para aqueles que diz que o Kimi não sabe ultrapassar.

Ultrapassagem de Kimi em Schumacher na eu-rouge em 2012

Ver Mais

Simples assim !!!





"Eu nunca realmente olhou para o que as pessoas dizem ou pensam. Faço minhas próprias coisas e enquanto eu estou feliz com isso, então essa é a principal coisa para mim."

" Kimi Räikkönen"
Ver Mais

domingo, 7 de julho de 2013

Webber ouviu falar sobre o incidente pit stop após a corrida

Christian Horner revelou após o Grande Prêmio da Alemanha de que a equipe decidiu não informar Mark Webber sobre o incidente em seu primeiro pit stop, enquanto ele ainda estava correndo.
O australiano confrontado sobre Lap 8 para um novo conjunto de pneus e foi liberado mesmo que a roda traseira direita não foi instalado corretamente. A roda saiu e atingiu um cinegrafista FOM do pit lane.
 

"Infelizmente, na parada de Marcos, obviamente, precisamos compreender o que aconteceu, por que a roda não foi localizado. A roda se desprendeu do carro e um cinegrafista foi puxado de novo com um pouco de energia. Mais importante, ele é fundamentalmente ok e, obviamente, que era a nossa principal preocupação ".Mecânica tem que usar equipamentos de segurança, capacetes e talvez seja a hora de que algumas das outras pessoas que trabalham operacionais tem que usar alguns equipamentos de segurança, bem como, "Red chefe de equipe Touro acrescentou.
"É uma sensação horrível. Inicialmente eu pensei que é um mecânico Mercedes, mas muito rapidamente I foi atualizado pela FOM que era um dos seus cinegrafista e que ele está a caminho do hospital. Os sinais iniciais parecia ok e então eles me manteve atualizado durante a corrida. "
Horner também disse Webber estava muito preocupado com o bem-estar do cinegrafista quando ele descobriu sobre o incidente e satisfeito ao ouvir que ele estava ok. "Optamos por não informar Mark nesse ponto que ele não poderia vê-lo. Foi relevante para ele estar correndo sem ele em sua mente. Nós apenas lhe informou após a corrida. "
Um comunicado emitido pela FIA após a corrida revela o cinegrafista estava consciente após o acidente.
"Paul Allen foi atingido no lado esquerdo. Permanecendo consciente, ele foi tratado no centro médico do circuito e, em seguida, transportado de helicóptero para Koblenz Hospital. O britânico foi mantido ali, sob observação. Mais informação sobre o hospital será fornecido assim que ele estiver disponível. "
O Stewards examinou a prova de vídeo e multado Red Bull € 30,000 para a liberação inseguro.
"A equipe lançou carro 2 antes de todas as rodas foram montados de forma segura e que a roda traseira direita saiu como o carro saiu da posição de pit stop. A roda passou quatro equipes e atingiu um operador de câmara causando ferimentos ".
Ver Mais

Concordo!!!

"   A ordem da equipe era inútil, eu teria ultrapassado ele [Romain] logo de qualquer maneira, talvez até no mesmo local, não perdemos por causa de that.I ficou surpreso ao ver Romain deixe-me ir, nós, como uma equipe queria ganhar. "
Kimi Räikkönen
Ver Mais

Grande Prêmio da Alemanha em foco



O alemão Sebastian Vettel que nunca havia conseguido vencer em seu país de origem fez uma excelente corrida e pela primeira vez consegue cruzar a linha de chegada em primeiro.


Em um grande prêmio muito movimentado, logo no início o abandono de Felipe Massa da Ferrari. Seria um abandono normal não fosse à falta de informação dos canais de empresa da equipe se recusado a informar o que realmente causou a parada. Sabe-se apenas que o motor travou de forma inesperada e estranha. Quando em fim alguém falou “Massa” disse que o problema foi que o carro travou na 5º marcha.
Outro incidente que surpreendente foi quando na parada nos boxes os mecânicos não conseguiram prender direito a roda dianteira esquerda do carro de Mark Webber ela se soltou indo em direção ao cinegrafista da FON que estava de costas para o incidente e não teve como se defender sendo atingido na cabeça. Ele foi levado ao centro médico e logo em seguida ao hospital onde foi constada fraturas na clavícula e costelas. Ultimas informações dão conta de que seu estado de saúde é estável.


Outro fato inusitado foi quando a Marrussia de Jules Bianchi teve seu motor estourado e teve um princípio de incêndio que logo apagou tudo normal até os fiscais de pista tentar retirar o carro do lugar, como era em um lugar de subida ao desengatarem o carro a Marrussia tranquilamente ladeira a baixo perigosamente atravassendo a pista e estacionando sozinha no lado oposto da pista, uma cena engraçada mais muito arriscada. Nesse momento foi forçada a entrada do safety car.



Sebastian vence a primeira dentro de casa.
Vettel não havia conseguido na classificação a posição que desejava, mas desde o início da semana já havia adiantado de que faria de tudo para conseguir essa primeira vitória diante de sua torcida.
Logo na largada ele deixou Hamilton para trás para fazer uma corrida consistente. Em momentos cruciais da prova para ele teve que resistir às agressivas investidas de Roman Grosjean e Kimi Räikkönen ambos da Lotus que mostrou excelente rendimento de pneus.




Kimi com problemas de comunicação.
Em entrevista após a prova Räikkönen revelou que poderia ter permanecido na pista e não ter feito a ultima troca o que o daria a vitória, pois eles tava confortável com os pneus. Mas um problema com a comunicação no rádio com sua equipe onde ele os ouvia, mas não era ouvido pela equipe fez com que ele entrasse para a troca, lamenta também em não ter decidido em seguir até o fim. Mesmo com a toca ele conseguiu perseguir de perto o Vettel após a ultrapassagem em seu companheiro de equipe (jogo de equipe) Passaria mesmo assim, mas como ele tinha condições de lutar pela vitória essa ultrapassagem foi antecipada para que o Kimi tivesse tempo para tanto. O fim da prova constatou que se tivesse passado antes ele poderia ter efetuado a ultrapassagem o que foi confirmado pelo próprio Vettel.
Destaque também para o Mark Webber que no incidente de sua troca ficou bastante tempo no box voltando em ultimo e chegando em sétimo.
Confiram o resultado completo do GP da Alemanha:

Confira o resultado final do GP da Alemanha (60 voltas):
1) Sebastian Vettel (ALE/RBR), em  1h41m14s711
2) Kimi Raikkonen (FIN/Lotus)  + 1s0
3) Romain Grosjean (FRA/Lotus)  + 5s8
4) Fernando Alonso (ESP/Ferrari)  + 7s7
5) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)  + 26s9
6) Jenson Button (ING/McLaren)  + 27s9
7) Mark Webber (AUS/RBR)  + 37s5
8) Sergio Pérez (MEX/McLaren)  + 38s3
9) Nico Rosberg (ALE/Mercedes)  + 46s8
10) Nico Hulkenberg (ALE/Sauber)  + 49s8
11) Paul di Resta (ESC/Force India)  + 53s7
12) Daniel Ricciardo (AUS/STR)  + 56s9
13) Adrian Sutil (ALE/Force India)  + 57s7
14) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber)  + 60s1
15) Pastor Maldonado (VEN/Williams)  + 61s9
16) Valtteri Bottas (FIN/Williams)  + 1 volta
17) Charles Pic (FRA/Caterham)  a 1 volta
18) Giedo van der Garde (HOL/Caterham)  a 1 volta
19) Max Chilton (ING/Marussia)  a 1 volta

Abandoram:
Jean-Eric Vergne (FRA/STR)
Jules Bianchi (FRA/Marussia)
Felipe Massa (BRA/Ferrari)

Volta mais rápida da prova: Fernando Alonso na volta 51 com o tempo de 1:33;468
*Comentários apenas devidamente identificados
  By Nay
Ver Mais

ENCONTRE-NOS NO FACEBOOK

PROXIMA CORRIDA

The Formula 1 Widget
requires Adobe Flash
Player 7 or higher.
To view it, click here
to get the latest
Adobe Flash Player.

TIME

Seguidores

Popular Posts

Blog Archive

Total de visualizações de página

BLOG AMIGO

Pages

Copyright © Formula 1 em Foco | Powered By Blogger
Distributed By Blogspot Templates | Blogger Theme By Lasantha - PremiumBloggerTemplates